sexta-feira, 27 de setembro de 2013

Polo Sindical promove mais uma capacitação de pedreiros em Inajá, PE

Entre os dias 16 e 25 de setembro do corrente ano foi realizado mais uma capacitação de 10 pedreiros dos municípios de Belém do São Francisco e Inajá, PE, em Cisterna- Enxurrada. Na abertura da capacitação esteve presente o Coordenador do Programa (P1+2), Sandro Rogério que acolheu os participantes e agradeceu pela disposição de cada um em aprender a construir as cisternas de produção (tecnologias sociais) que irão contribuir para a soberania e segurança alimentar e nutricional das famílias da região. Sandro falou do Programa Uma Terra e Duas Águas, seus idealizadores (ASA/AP1MC), os executores (equipe/Polo Sindical – PE/BA) e do seu financiador, a Petrobras, através do Termo de Patrocínio (TP-2013). Na oportunidade, esteve presente também o Comunicador Popular, Josiel Araújo para registrar o momento; além dos Agentes Sociais do programa Gildo Novaes e Hildeberto (Lídio) que garantiram durante toda a formação dos pedreiros o apoio logístico necessário.




A cisterna-enxurrada é uma das tecnologias sociais que serve para armazenar a água da chuva e tem ajudado a melhorar a qualidade de vida de muitas famílias agricultoras do Semiárido brasileiro. O terreno é utilizado como área de captação. Para a filtragem da água são utilizados dois tanques de decantação. Essa água escoa através de canos para a cisterna que têm capacidade para guardar até 52 mil litros de água. A retirada da água é feita por meio de uma bomba de repuxo manual.

Para o pedreiro Manuel da comunidade Alto dos Santos, Inajá, PE, essa é uma grande oportunidade para aprender coisas novas. “Hoje eu trabalho de pedreiro, mas, cisterna mesmo eu não fiz ainda não, mas quero aprender. Já acompanhei como servente a construção de um bocado delas”, diz. Já para o instrutor da capacitação, o experiente pedreiro José Gomes, conhecido como Nego de Galego, nessas capacitações há uma troca de experiências positiva, aonde se ensina e também se aprende muito das construções, bastando o participante está disposto e envolvido no processo.



O Polo Sindical-PE/BA, Unidade Gestora Territorial (UGT), executará 74 implementações no município de Inajá, sendo 44 cisternas calçadão e 30 de enxurrada. Uma das famílias que garantirá os benefícios da cisterna-enxurrada é a família do senhor Jacinto Antônio da Silva, 44 anos, do Povoado Jurema em Inajá. Para ele é um prazer ter uma cisterna dessas em casa, porque na hora da precisão a família tem um reservatório com água e não será preciso andar mais de 3 km para buscar água, como faziam antes.

No final da capacitação foi feito os agradecimentos pelos representantes do Polo Sindical e pela família do senhor Jacinto e dona Simone que ficaram com a cisterna-enxurrada prontinha. Também foi entregue aos pedreiros participantes os certificados de conclusão do curso e um kit de construção.


Por: Josiel Araújo

Comunicador Popular/ASA/Polo

Um comentário:

Izabel Cristina disse...

Capacitando teremos profissionais cada vez mais comprometidos e qualificados para o trabalho, esse sim é um projeto que lava dignidade as famílias do semiárido...